Passar para o conteúdo principal

Exemplo de Boas Práticas

 

Modelo de Boas Práticas - Projeto Sei Trabalhar

  1. Título
  2. Nome da instituição empregadora
  3. Endereço
  4. Contatos:
    • Telefone/Telemóvel
    • Fax.
    • E-mail.
  5. Breve caracterização da instituição/empresa
  6. Necessidade de estabelecimento de parcerias (Parcerias com o objetivo de promover a inclusão de pessoas com PEA na sociedade, nomeadamente no mercado de trabalho)
  7. Nome da pessoa com Perturbação do Espetro do Autismo
  8. Idade
  9. Área profissional
  10. Breve descrição do trabalho desempenhado
  11. Competências e interesses da pessoa com Perturbação do Espetro do Autismo (Utilizar perfil de competências desenvolvido)
  12. Corresponder as competências da pessoa com PEA com as necessidades da empresa ou organização (Avaliar as necessidades da empresa, correspondendo as mesmas com as capacidades apresentadas pelo candidato ao desempenho das funções)   
  13. Criação de um Plano Individual de Intervenção por parte da organização (Sendo este um plano individual reforça-se a importância de ser adaptado a cada individuo segundo as suas necessidades)
    • Conhecer o local e possíveis trajetos
    • Apresentação à equipa
    • Escolha de um mediador
    • Formação
    • Socialização
    • Acompanhamento, apoio e monitorização
    • Avaliação
  14. Disseminação de boas práticas
  15. Follow up

Modelo de Boas Práticas - Sei Trabalhar (Exemplo)

Veja um PDF

Exemplo de Boas Práticas Madeira

Exemplo de Boas Práticas São Miguel

Exemplo de Boas Práticas Algarve

Exemplo de Boas Práticas Coimbra 4

Exemplo de Boas Práticas Coimbra 5

Exemplo de Boas Práticas 6

Exemplo de Boas Práticas 7

Exemplo de Boas Práticas 8